4 de fevereiro de 2021

O panorama de fusões e aquisições (M&A) no cenário atual

Saiba os setores promissores para o ano de 2021 e conheça as etapas do processo de M&A.

Ao contrário do que muitos acreditam, o processo de fusão e aquisição (M&A) não se restringe às grandes empresas. 2020 não foi um ano fácil, mas com a vacina já em fase de aplicação, o mercado já está pensando nos primeiros passos pós crise.

Devido a isso, as operações de M&A começaram a reaquecer as turbinas, tornando o momento ideal para avaliar estratégias. Ficou interessado? Entenda mais lendo nosso conteúdo feito especialmente para você!

Tempo estimado de leitura: 4 minutos

O M&A

De uma forma geral, não é só uma empresa que está comprando ou vendendo que precisa buscar trabalhos no sentido de M&A. São muitos preparos a serem feitos para a empresa ser vendida, ou até mesmo para entender melhor a capacidade do negócio e eventualmente comprar e expandir.

Portanto, há um trabalho de casa a ser feito independente se naquele momento há o interesse de venda ou aquisição, com a compreensão das dificuldades e desafios. Essa maturação envolve o estudo aprofundado de todos os passos de uma fusão, aquisição ou a própria venda e é de extrema importância pois, a partir daí, você já está preparado para entender sua posição em relação a todos os processos, quais são os desafios a serem enfrentados e como funciona o mercado de uma forma geral.

M&A

M&A: duas grandes vertentes

Ainda nessa questão de razões para se fazer um M&A, existem duas grandes vertentes. A primeira é: tenho um negócio e vejo que pode ser potencializado caso eventualmente eu tenha um sócio que traga, além do dinheiro, um conhecimento para minha empresa, contribuindo para o crescimento em uma velocidade muito maior que se estivesse sozinho.

Por outro lado, eu posso querer trazer um sócio e não necessariamente ficar no negócio, ou ficar por um tempo e posteriormente sair. É um recurso agora pelo valor do meu negócio e que só seria possível de adquirir ao longo dos anos. Portanto utilizando essa rentabilidade através da venda, mesmo que não tenha mais o ativo que gerava renda. 

A segunda vertente é a dos compradores. Existem diversas razões para adquirir uma empresa: você pode estar eliminando um concorrente, incorporando um portfólio novo dentro da sua carteira, uma expansão de produção, uma sinergia da cadeia produtiva em diante. 

Os setores promissores para o M&A

Em relação aos setores, o que tenho visto é obviamente a tecnologia envolvida. Independente do setor, é a tecnologia que chama atenção de muitos M&As, portanto, ter escalabilidade em relação aos negócios é o atrativo. 

No setor financeiro de forma geral, ainda mais com essa questão do pix, é que os bancos digitais e a tendência de migrar do físico para o digital irão fomentar muito o M&A. Nós da Value temos participado de diversas conversas e transações relacionadas ao agronegócio, a saúde em geral já era um setor extremamente aquecido e, com a situação do Coronavírus, imagino que também tenha atratividade.

Um derivado do agronegócio e talvez dessa situação de home office, eu vejo a questão dos alimentos. Cadeia de alimentos em geral, o que existe de solução nesse setor deve ter bastante atração em função do volume, do aumento que se deu no ano interior.

M&A setores promissores

Como se preparar?

Os investidores podem se preparar para esse período buscando oportunidades e estando com o radar ligado em oportunidades. As empresas que têm interesse em investir, comumente estruturam uma tese de investimentos: mercado alvo, empresa alvo, perfil da empresa, perfil do sócio da empresa e o perfil de rentabilidade.

Essa tese de investimentos se detalha em qual é o perfil ideal, considerando a característica do investidor. A partir dessa tese “mapa” que se busca potenciais negócios que se encaixam dentro dessa linha de pensamento e expansão. 

Portanto, o primeiro passo, ou preparo, em relação a isso é construir uma boa tese de investimentos. O segundo é ter um apoio de profissionais especializados no que tange a busca, mercado, financeiro e parte jurídica, que será fundamental. E por fim, o executar de tudo isso, caso encontre uma empresa que tenha e se encaixe dentro desse “mapa”. 

>> Assista ao Talk com os maiores fundos de investimento do país

Etapas do M&A: comprador

  1. Elabore a tese de investimento e faça pesquisa de mercado em cima dessa tese;
  2. Procure um amparo financeiro e jurídico para a transação;
  3. Tenha advisories para fazer a intermediação da transação para obter um viés profissional;
  4. Olhe os negócios que se encaixam no seu “mapa” e seus diferenciais: o sócio, as características de governança da empresa e todas as características financeiras;
  5. Faça valuation da empresa;
  6. Escreva uma carta de oferta e, caso aceita, acerte os detalhes da transação;
  7. Faça um Due Diligence do negócio para que nenhuma contingência, risco ou problema que não tenha sido eventualmente identificado passe despercebido;
  8. Parta dos processos de aquisição/incorporação/modelagem de como vai ser transacionado esse negócio na sequência. Se vai ser incorporado, se terá uma filial, uma investida….
  9. Integre toda a equipe de sistema e processos com o que se espera e trabalhe dali para frente com foco em escala.
M&A compra

Etapas do M&A: vendedor

Quando falamos do outro lado da mesa, a empresa que quer VENDER o negócio dela, o primeiro passo também é fazer essa busca dos profissionais do mercado, especialmente no que tange a parte financeira e contábil. Fazer o diagnóstico e valuation do negócio, este para precificar e aquele para mostrar eventuais vulnerabilidades do negócio à venda, as diferenças e o que o empresário deve esperar .

Produzir um teaser também é recomendado. Uma apresentação do negócio com um material sintético mas que tenha atratividade sobre os principais diferenciais do negócio. E então fazer a busca no mercado de potenciais players que possam ter interesse na empresa de uma forma muito profissional e sigilosa para não a comprometer no mercado.

Feito isso, existem todos os trâmites de negociações que se encaixam muito com os falados previamente. Do momento em diante, ao encontrar alguém que se encaixe e esteja interessado, é dar sequência aos mesmos trâmites de carta de intenção, memorando de entendimentos, due diligence, parte jurídica, acerto da negociação, modelagem e etc.

Conte com a Value!

Agora que você compreendeu a importância dos processos para realizar um M&A de sucesso e os setores promissores para o ano de 2021, conte com a Value nessa jornada! Vamos conversar? 

Compartilhe

Facebook
Twitter
LinkedIn
Reddit
Digg
Telegram
WhatsApp
Programa Treinee
Click or drag a file to this area to upload.
Click or drag a file to this area to upload.
Trabalhe Conosco
Click or drag a file to this area to upload.
Click or drag a file to this area to upload.

Quer encontrar o investidor perfeito para o seu negócio?