5 de março de 2020

Você está pensando no planejamento tributário da sua empresa?

Veja como o planejamento tributário impacta diretamente na sua competitividade.

 Você tem noção do valor total que a sua empresa paga de impostos? Se a resposta for não, talvez um Planejamento Tributário possa ajudar.

 Conforme estudos do IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) a carga tributária em 2019 no Brasil representou 33,58% do PIB (Produto Interno Bruto).

 Em um país tão sobrecarregado de impostos como o Brasil, o planejamento da relação com a legislação tributária pode impactar positivamente nos resultados da sua empresa. 

 

O que é o Planejamento Tributário? 

 Também chamado de elisão fiscal, o Planejamento Tributário é uma forma lícita de reduzir a carga fiscal imposta à pessoa jurídica. Ou seja, é um estudo prévio à escolha da melhor tributação para empresa.

 Ele busca a melhor forma de gestão dos tributos, visando reduzir a carga tributária das empresas através de procedimentos estritamente legais.

 Com isso, as empresas se tornam mais competitivas no mercado, possibilitando a prática de preços menores, ou até mesmo a celebração de maiores investimentos.

 No entanto, é preciso ficar atento para não confundir esse tipo de análise com sonegação fiscal, pois planejar é escolher entre duas ou mais opções legais a que resulte o menor custo tributário.

 Já sonegar é utilizar formas ilegais para atingir o objetivo de recolher menos tributos, onde são encontrados indícios de fraude.

 Desse modo, cabe ao responsável pela tomada de decisão entender as limitações previstas em lei, tipos de tributação e programar sua estratégia de atuação no Planejamento Tributário empresarial.

 

Mas porque fazer um Planejamento tributário ?

O planejamento tributário proporciona várias vantagens em sua rotina de trabalho, como por exemplo:

  • Evita o pagamento de impostos indevidos

    Cada município e estado tem regras próprias de tributação. Como não há um padrão nacional a ser seguido, você pode se confundir e deixar passar alguma oportunidade para reduzir custos.

  • Impede os fatores geradores de tributos

    Isso quer dizer que é possível, por exemplo, usufruir da isenção de impostos, caso ela exista, e reduzir os valores retidos pelo fisco.

  • Adia o pagamento de tributos se necessário

    Em algumas situações, quando você não tem muito capital de giro disponível para investir, o planejamento tributário faz com que você descubra oportunidades para retardar esse tipo de movimentação financeira e ter uma folga no fluxo de caixa.

  • Mantém a empresa legalizada

    Existem inúmeros fatores que fomentam o crescimento da empresa, e a legalidade do negócio é um dos principais.

 Quem tenta improvisar ou enganar os órgãos legisladores sempre acaba em maus lençóis, já que multas e outras consequências podem ser aplicadas.

 Ao realizar a elisão fiscal, você reúne todas as informações necessárias sobre as obrigações de sua instituição.

 Com isso, você não perde datas e consegue acompanhar o pagamento de tributos com eficiência.

 

Então, como montar o seu Planejamento?

 É possível entender o seu recolhimento de impostos, e identificar oportunidades de redução de custos tributários, por meio do conhecimento de alguns números que direcionam o enquadramento fiscal. São eles:

  O entendimento desses valores conduz ao próximo passo, onde são definidas as ações necessárias para que a empresa tenha o menor impacto tributário no desenvolvimento de suas atividades. Essas ações são de três ordens: 

Estuda com base nas legislações vigentes as possibilidades legais de não incidência dos tributos.

Estuda as possibilidades de postergação dos pagamentos dos tributos.

Busca formas jurídicas para diminuírem os valores dos tributos.

 A melhor escolha para a prática de uma ou várias ações, dependerá da análise concreta e individualizada da situação contábil, fiscal e financeira da empresa.  Essa análise muitas vezes é complexa e não deve ser feita somente pelo time interno.

 Porém, existem Consultorias Especializadas e experientes no mercado capazes de realizar esse trabalho, oferecendo segurança e assertividade à escolha de suas práticas. Elas também auxiliam na seleção do melhor sistema tributário para o seu negócio.

 

Não se esqueça de escolher o melhor sistema para sua empresa

  A determinação de qual é o melhor regime para suas atividades só será possível com uma análise específica da sua empresa. 

  Generalizar sistemas tributários por segmento de atuação não é aconselhável, já que a situação individual de uma mesma empresa pode mudar de um ano para o outro. 

 

Não espere para elaborar o seu Planejamento! 

 Com a expansão dos negócios, as empresas têm como desafio manter sempre atualizado o planejamento tributário. 

 Para isso, nós da Value temos como ferramentas: a revisão limitada contábil, a revisão dos tributos e das declarações acessórias, reorganização contábil e societária, auditoria externa e a aplicação de melhores práticas de compliance.

 Além de acompanhar o planejamento desde o início, a Value faz o trabalho de implementação e controle, alinhando revisões futuras que indiquem ajustes na contribuição ou mudança de regime. 

 Veja o depoimento de Ernesto Fredegotto Jr. da Novo Horizonte Alumínios, sobre a experiência do planejamento tributário da Value:

  Saiba como podemos ajudar a planejar a economia tributária da sua empresa. Entre em contato com um de nossos Consultores:

Compartilhe

Facebook
Twitter
LinkedIn
Reddit
Digg
Telegram
WhatsApp
Programa Treinee
Click or drag a file to this area to upload.
Click or drag a file to this area to upload.
Trabalhe Conosco
Click or drag a file to this area to upload.
Click or drag a file to this area to upload.