11 de março de 2021

Como o Covid-19 afetou as análises de Due Diligence?

Entenda melhor sobre a importância de uma Due Diligence e os impactos do Covid-19 nesse processo.

São muitos preparos a serem feitos para a empresa ser vendida, ou até mesmo para entender melhor a capacidade do negócio e eventualmente comprar e expandir. Quando esse processo de M&A já encontra-se em etapas mais avançadas, é o momento da realização de uma Due Diligence. 

Através dela, informações de diversos setores são vasculhadas atrás de possíveis erros, evitando futuras dificuldades corporativas. Com este artigo, o Grupo Value convida o leitor a compreender efetivamente a importância desse trabalho de asseguração para diversas situações.

Due Diligence e a Pandemia

Com relação a pandemia em si, não houve necessariamente um impacto direto, a não ser onde, devido ao Coronavírus, a empresa se veja obrigada a realizar determinadas regularidades para o sustento do caixa. Outro ponto pode ser que a pandemia trouxe algumas oportunidades, mas também recuou o mercado em alguns aspectos. 

Por exemplo: se a empresa K está interessada em comprar o negócio L e o COVID-19 teve uma influência negativa em L, eventualmente a transação não será dada sequência, portanto não haverá uma Due Diligence. Porém, um cliente procurou a Value sobre uma outra perspectiva: sem qualquer relação com o Coronavírus, gostaria de fazer o processo apenas para se certificar de determinados procedimentos financeiros.

Mas afinal, o que é Due Diligence?

O processo de Due Diligence é um trabalho de asseguração de um grande período, ou ponto específico, de informações apresentadas por uma empresa, para assim verificar a consistência dos dados. Geralmente acontece nas seguintes situações:  saída de sócio; ingresso de novo sócio em uma sociedade; alguém de fora que não conhece a sociedade; há uma venda e a operação de M&A; ou uma fusão de empresas.

É basicamente uma auditoria mais aprofundada, analisada por um período abrangente e não limitada somente na demonstração contábil, mas verifica se a empresa possui algum tipo de passivo oculto ou a veracidade das informações fornecidas. Tornando-se então um trabalho de asseguração.

Sabendo do que se trata a Due Diligence, é evidente o porquê das organizações realizarem tal contratação. Por exemplo, caso eu tenha uma empresa A e esteja determinado a adquirir empresa B, eu estipulo um valor. Só que nessa quantia, pode estar condicionada a minha verificação de informações fornecidas pela empresa B para que não me comprometa a qualquer tipo de contingência fiscal.

Isso ao considerar que B possa ter deixado de entregar alguma declaração ou ter feito alguma apuração incorreta dos impostos, mas não somente neste âmbito. Pode ocorrer também no âmbito ambiental, cível, trabalhista e criminal. Existem vários itens a serem analisados em uma Due Diligence, além do universo contábil e tributário.

Due Diligence

Como acontece na prática?

A Value possui determinadas especialidades, trabalhamos na parte contábil, na parte fiscal e um pouco na parte trabalhista, no que diz respeito a cálculos. Portanto, nossa Due Diligence tem esses pilares como base e, juntos com parceiros, realizamos outros trabalhos complementares, como a jurídica, ambiental, criminal e cível. 

De uma forma macro, o serviço é identificar ou sugerir ao cliente o período a ser realizado o processo de Due, e identificar se é mais vantajoso uma forma amostral ou completa. Ao longo da condução dos trabalhos, selecionamos a equipe adequada para cada projeto com uma segregação interna de especialidades, colocando especialistas de cada área para conduzir em seus respectivos âmbitos.

Por mais gestão e menos crise

Uma Due Diligence de Valor

No que diz respeito aos nossos trabalhos, temos o já mencionado formato de fazer Due Diligente e um outro, que também acontece com grande frequência: o acompanhamento na realização do processo. Isso acontece quando participamos de uma operação de compra e venda de uma empresa, representando o lado do vendedor.

Quando o comprador evolui na negociação e passa para a Due Diligence, devido ao conflito de interesses, não somos nós que a realizamos. Mas, mesmo assim, podemos acompanhar a realização do processo, sem qualquer tipo de interferência e apenas se certificando de que realmente todos os quesitos de imparcialidade estão sendo cumpridos. 

Nossos cases

Em relação a cases, trazemos grandes empresas em nosso portfólio, como: Farmácia Nissei, com uma Due Diligence realizada sob um período amostral. A John Deere e todas as negociações que participamos do lado vendedor, acompanhando a diligência; e também cases como a Recco e a Novo Horizonte Alumínios, que foram trabalhos de acordo com cada amostragem.

Esse é o cenário ideal para o seu negócio

Caso você tenha ficado interessado e está pensando em realizar uma Due Dilligence em seu negócio, conte com a Value! Nossos profissionais qualificados e experientes estão preparados para entregar o melhor resultado, vamos conversar?

Compartilhe

Facebook
Twitter
LinkedIn
Reddit
Digg
Telegram
WhatsApp
Programa Treinee
Click or drag a file to this area to upload.
Click or drag a file to this area to upload.
Trabalhe Conosco
Click or drag a file to this area to upload.
Click or drag a file to this area to upload.